Coluna do blog desta sexta-feira

PSDB perde novamente a batalha da comunicação 

O PSDB levou ao ar ontem o seu programa partidário, com uma narrativa de consertar a política, reconhecendo os erros cometidos de outrora. No papel tudo muito bonito, se não fosse a presença do senador Aécio Neves, do governador de São Paulo Geraldo Alckmin e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ambos envolvidos na operação Lava-Jato.

Durante os dez minutos, nenhuma menção ao prefeito de São Paulo, João Doria, que vem fazendo um extraordinário trabalho à frente da maior cidade do país, e reformulando o jeito de fazer política no Brasil. Se em vez de enaltecer os envolvidos da Lava-Jato em seu programa, desse espaço ao prefeito que é a antítese de tudo o que estamos tentando abolir na política, o PSDB teria marcado um verdadeiro gol de placa, uma vez que a temática de reconhecer a crise política que vivemos é extremamente salutar.

O partido que é o grande responsável pela estrutura econômica que o país tem hoje por ter implementado o Plano Real, deveria efetivamente se colocar como alternativa de poder, pois já perdeu quatro eleiçōes seguidas e com o desgaste do PT, era para surfar na crista da onda e surgir como o caminho mais seguro a ser tomado em 2018.

Em vez disso, aposta em projetos e pessoas que foram extremamente rejeitados pelas urnas em eleições anteriores e que continuam rejeitados pela população de acordo com pesquisas divulgadas recentemente. Rifar João Doria do seu programa nacional foi um erro crasso do PSDB, que sinalizou claramente a sua incapacidade de interpretar o que a população está dizendo. Sem enxergar o óbvio, os tucanos caminham para mais uma derrota presidencial em 2018.

Em Ação – O Seminário Pernambuco em Ação chega, nesta sexta-feira, ao município de Carpina, na Mata Norte. A quarta rodada do projeto reúne um conjunto de iniciativas governamentais em diferentes áreas do Governo do Estado. Comandado pelo governador Paulo Câmara, o evento será realizado na Escola Técnica Estadual (ETE) Maria Eduarda Ramos de Barros. A quarta rodada do Pernambuco em Ação será encerrada, no sábado, no município de Palmares, na Mata Sul.

Greve – A Justiça Estadual considerou ilegal a greve dos professores da rede pública do Cabo de Santo Agostinho. Na liminar concedida à Prefeitura do Cabo, na quarta-feira,  a juíza da Vara da Fazenda Pública da Comarca do município, Sílvia Maria de Lima Oliveira, determina à volta dos educadores ao trabalho, sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil.

São João – Depois de uma semana de muita expectativa, o prefeito Miguel Coelho apresenta nesta sexta-feira a programação completa do São João de Petrolina. As atrações serão anunciadas durante evento que irá acontecer às 20h, no Círculo Militar. Além de apresentar toda a grade de programação, o evento de lançamento contará com a presença de algumas atrações que irão fazer um ‘esquenta’ dos festejos juninos.

Abastecimento – A Compesa inicia nesta sexta, às 8h, uma das últimas intervenções para concluir as obras do Lote 2 do projeto de Setorização do Recife, que visa dividir e isolar os bairros em setores de abastecimento para obter um maior controle operacional da água produzida e distribuída para a população. O serviço será executado na Rua Rio Amazonas, no bairro do Ipsep, no trecho entre as ruas Rio Bonito e Rio Colorado, e está previsto para ser finalizado no dia 25 de maio.

RÁPIDAS

Bolada – Na delação de João Santana e Mônica Moura, o publicitário Jefferson Monteiro foi citado como alguém que recebeu nada menos que R$ 200 mil. Jefferson é criador da personagem Dilma Bolada nas redes sociais e ameaçou acabar com o perfil, só desistindo da ideia quando recebeu uma bolada pra manter a defesa da então presidente. Definitivamente não existe almoço grátis.

Belo Jardim – Após cometer uma série de crimes, o prefeito de Belo Jardim João Mendonça (PSB) teve o registro da sua candidatura cassado por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral, e portanto perderá o mandato conquistado em 2016. O vereador Gilvandro Estrela (PV), atual presidente da Câmara, assume a prefeitura até a eleição suplementar ser realizada.

Inocente quer saber – Qual foi a situação que a prefeita Célia Sales encontrou o município de Ipojuca?

Sobre Edmar Lyra
Jornalista político, editor do Blog Edmar Lyra.

1 Comentário on Coluna do blog desta sexta-feira

  1. William Pontes // 12 de maio de 2017 em 6:57 // Responder

    Dilma Bolada indagou pelo seu Facebook onde a marqueteira colocou o dinheiro, não só esse como os jun milhão e meio que disseram antes. Outra coisa: inocente quer saber se de fato o Doria faz um governo real ou virtual? Com a palavra o blogueiro.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*